sábado, 4 de fevereiro de 2012

A LENDA DE DAPHNE



        Alto, bonito e majestoso, Apolo, o deus da música
        e da poesia se fazia notar antes do mais por suas  
        mechas negras, com reflexos azulados, “como as 
        pétalas do pensamento”. 
        
        Muitos foram assim seus amores com ninfas e, por 
        vezes, com simples mortais.
        
        Amou a ninfa náiade Daphne, filha do deus-rio 
        Peneu, na Tessália. 
        
        Esse amor lhe fora instilado por Eros, de quem o deus
        gracejava. É que Apolo, julgando que o arco e a
        flecha eram atributos seus, certamente considerava 
        que as flechas do filho de Afrodite não passavam de
        brincadeira. Acontece que Eros possuía na aljava a
        flecha que inspira amor e a que provoca aversão. 
        Para se vingar do filho de Zeus, feriu-lhe o coração 
        com a flecha do amor e a Daphne com a da repulsa 
         e indiferença. 
        
         Foi assim que, apesar da beleza de Apolo, a ninfa 
        não lhe correspondeu aos desejos, mas, ao revés, fugiu 
        para as montanhas. O deus a perseguiu e, quando 
        viu que ia ser alcançada por ele, pediu a seu pai 
        Peneu que a metamorfoseasse. O deus-rio atendeu-lhe 
        as súplicas e transformou-a em um loureiro,  em 
        grego Dajnh (dáphne), a árvore predileta de Apolo.

                Mitologia Grega, vol 3, 6ª edição, Vozes, 1995.


         Que a flecha do amor toque à todos nesse domingo.







17 comentários:

Ursula Andress disse...

Flor, vim te ver, rs!

www.pinkwomanfashion.com

SONINHA disse...

Interessante!!!!
Desejo o mesmo, amiga! Um delicioso domingo!
Beijocas!

Heleninha disse...

Lindo}!!!!

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Que história, eu não conhecia! Adorei ler, parabéns!
E esteja sempre "lem casa", fico muito feliz!
Bjs, ótimo domingo e boas energias!
CamomilaRosa

Casa da Rê etc e tal... disse...

Olá, Márcia, tudo bem? é uma bela lenda
desejo um ótimo domingo pra vc!
bjs
Renata

Célia disse...

Oi, Márcia! A flecha do amor, quando correspondido é algo fantástico!
Abraço da Célia.

Carol Liôa disse...

q historia linda! ainda ñ conhecia essa!! bjssssss

Escondidinha disse...

A mitologia está cheia de historias fantásticas como essa, não é?
beijinhos
brigada pelo ensinamento (;

Sil disse...

Uau!! Muito interessante Márcia!! Que o amor aflore mais e mais nesse mundo que está em falta dele... Uma linda semana flor!! Bjsss

ஜ♥Patricia♥ஜ disse...

Muito interessante esta lenda, gostei apesar de triste coitada foi transformada em árvore, seu blog é muito bonito, parabéns.

arte da sadhia disse...

oi flor falou bonito hein...tenho blogagem coletiva e as esfihas da welze bjão

Andréa disse...

OLÁ QUERIDA MÁRCIA, BOA TARDE!
O AMOR É LINDO É O MAIOR BEM DA VIDA, SEM AMOR NADA SOMOS!

FICA COM DEUS!
BJS..♥

Filha do Rei disse...

Lenda interessante, o amor tem um enorme poder. Tenha uma abençoada semana! Bjs

Canela Castela disse...

Olha que lenda mais linda Marcia!
O amor realmente é necessario e lindo em nossas vidas.
Amei
Obrigada pelo carinho de sua mensagem de aniversario para o Fefê, amanhã farei um post logo cedo.
Venha ver!!!
Beijos querida e ótimo restinho de domingo

Fernando Santos (Chana) disse...

Bela Lenda...Espectacular....
Cumprimentos

Kellen Bittencourt disse...

Que bacana essa lenda, não conhecia, adoro a riqueza da mitologia, tem sempre algo novo que não sabemos! Abçs

Anônimo disse...

Esse é o nome da minha filhinha que está a caminho,não sabia que Daphnie era uma ninfa da mitologia grega,apsar de seu desfecho é uma lenda muito bonita,dostei muito...
Bjjus... :* e Abraços...
Geciane

BLOGS DO CORAÇÃO

Follow by Email