domingo, 29 de julho de 2012

O PESO




Minha alma tem o peso da luz. 
Tem o peso da música. 
Tem o peso da palavra nunca dita, prestes quem sabe a ser dita. 
Tem o peso de uma lembrança. 
Tem o peso de uma saudade. 
Tem o peso de um olhar.
 Pesa como pesa uma ausência. 
E a lágrima que não se chorou. 
Tem o imaterial peso da solidão no meio de outros.
                      Clarice Lispector


  O peso será leve ou pesado demais,
     depende de como você o vê.

 Um ótimo final de semana à todos.



4 comentários:

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Já temos pesos, ou criamos pesos de acordo com nossas escolhas...adorei o texto escolhido e seu pensamento como sempre!
Bjs e te desejo uma ótima semana!
CamomilaRosa

SONINHA disse...

Olá, Marcia!
Sim, concordo! nossa alma tem o peso das nossas escolhas!!
Amo Clarice Lispector!
Beijos no core.Soninha.

Célia Rangel disse...

Clarice, com todo seu misticismo legou-nos abordagens fantásticas!
Bj. Célia.

Célia Gil, narciso silvestre disse...

Adoro este poema! Bjs

BLOGS DO CORAÇÃO

Follow by Email